segunda-feira, 8 de julho de 2013

Escadas...Detalhes que fazem a diferença..




Empreiteira Cruzeiro do Sul

Escadas...
Escada, sempre surge dúvida em relação ao tipo de piso, acabamento do rodapé, tipo do corrimão, guarda-corpo…Realmente são muitos detalhes e o principal: a segurança. Então, o jeito mesmo é pesquisar para que o resultado fique seguro e lindo!
Vamos para algumas dicas?
Dica01- Se você ainda estiver construindo ( casa, neste caso) dê atenção aos espaçamentos dos degraus. Não economize, calcule uma boa altura e uma largura confortável para a pisada. Essa informação normalmente está no projeto. Por isso, é importante conferir as medidas com o profissional (engenheiro ou arquiteto) antes de executá-la.
Dica 02- Piso. Depende muito da construção da escada. As escadas normalmente são construídas em concreto, estrutura metálica ou madeira. Cada um desses materais tem sua propriedade e é o desenho que vai dar destaque. O arquiteto neste caso é essencial. Não tem jeito.
(Fonte:1 – Granito; 2- Madeira; 3 Metálica)
Dica 03- Guarda- corpo. Lembre-se que escada vence uma altura e crianças por perto é sempre um perigo. Evite guarda-corpo baixo e consulte as normas do corpo de bombeiro. A regra, em geral, é que o apoio do guarda-corpo fique acima da cintura de uma pessoa padrão.
Dica 04- Corrimão. Alguns modelos de corrimão são desenhados junto com guarda-corpo. Evite uma distância acima de 20cm entre espaçamentos pois assim evita que a cabeça de uma criança possa passar, causando acidentes.
(Fonte:aqui)
Dica 05- Escada em vidro. Vidro é lindo, transparente e elegante. Mas nunca economize quando se trata de vidro. Se o sonho é ter uma escada com degraus em vidro, contrate uma empresa reconhecida no mercado, conheça bem o tipo de vidro especificado e, se possível, veja alguma escada executada anteriormente para teste. O vidro, dentro dos padrões, não tem problema algum, mas é preciso atenção.
Dica 06- Espaço abaixo da escada. Normalmente esse espaço fica sem muito uso.  Aproveite o espaço com adegas, armários, vasos decorativos, jardim de inverno…
(Fonte:Casa Vogue)
Dica 07- Transição de pisos. A escada é um elemento que une sempre dois patamares. Neste caso é um elemento de transição. Por isso, o piso da escada deve ter harmonia com o piso dos dois patamares que se conectam. Isso é muito importante.
Dica 08- Rodapé. Não há regras. O rodapé pode ser do mesmo material da escada ou até mesmo nem ter rodapé. Tudo depende mesmo do projeto e do conceito.
(Fonte:aqui)
Dica 09- Largura. Escadas estreitas podem dificultar bastante ao subir os móveis para o patamar superior. Então, é ter muito cuidado com o deslocamento dos móveis; se o guarda- corpo for de vidro e/ou se houver alguma luminária exposta no espaço, redobre a atenção…
Dica 10- Investimento. Investa na iluminação, pintura ou textura das paredes ou elementos em volta da escada. Sabendo escolher corretamente os materiais, a escada por si só se transforma em uma grande obra de arte na residência.
Vamos conferir o que vi por aí?
(Fonte:natalianoleto.com.br)
(Fonte:1 e 2)
(Fonte:aqui)
(Fonte:aqui)
(Fonte:1 e 2)



Nenhum comentário:

Postar um comentário